Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

O duelo de Atléticos foi bastante movimentado. A Arena da Baixada recebeu um grande jogo, com dois tempos distintos. Na primeira etapa o domínio foi total do Furacão, que marcou em cima, pressionou bastante e foi para o intervalo vencendo por 1 a 0, com gol de Pablo, em cabeçada após cobrança de escanteio.

Ainda no primeiro tempo, Thiago Larghi mexeu na equipe, colocando Elias e Cazares. A alteração mudou o Galo, que voltou melhor no segundo tempo e conseguiu buscar a virada. Com Bremer e Róger Guedes, ambos de cabeça, o time alvinegro e comandou às ações. Os mineiros só não ganharam de mais porque Ricardo Oliveira perdeu um caminhão de gols.

O Atlético-PR terminou o jogo com dez jogadores, mesmo sem ter ninguém expulso. Após fazer as três alterações, o lateral-direito Jonathan sofreu uma lesão muscular e ficou de fora nos minutos finais, não podendo ajudar o Furacão a buscar o empate jogando em casa. O goleiro Santos foi flagrado mexendo no celular no meio do jogo. Mesmo com luvas, o arqueiro manuseou o celular enquanto a bola estava rolando. Pela Copa do Brasil o Atlético-PR recebe o Cruzeiro, quarta-feira, às 21h45, no jogo de ida das oitavas de final.

COMPARTILHE