Dagoberto foi o destaque da noite (Foto: Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube)

O Londrina entrou em campo, nesta terça-feira, com a missão de colocar um ponto final na sequência de quatro jogos sem vitória e ainda ganhar a primeira sob o comando de Sérgio Soares. A desconfiança sobre o jogo acabou ainda antes do primeiro minuto, quando Dagoberto abriu o placar, batendo pênalti. Leandro Amaro fez contra, e Dagol fechou a conta em 3 a 0 com um golaço no segundo tempo para sacramentar o resultado diante de um Oeste ofensivo, mas pouco enficiente no ataque. O duelo valeu pela 17ª rodada da Série B do Brasileirão, e foi disputado no estádio do Café, em Londrina.

  • Destaque1º TEMPO

    O suspense sobre como Londrina e Oeste iriam se portar na primeira etapa durou poucos segundos. Ao tenta dominar a bola na área, Guilherme Romão cometeu pênalti e deu ao Tubarão o primeiro gol logo no minuto inicial. Sem muita organização no ataque e sentindo falta de suas referências – Bruno Lopes e Pedrinho –, o time paulista pouco fez quando teve a bola.

    Quando o duelo estava mais equilibrado, o Rubrão deu mais uma mãozinha ao Tubarão. Leandro Amaro “espirrou o taco” dentro da área e jogou contra o patrimônio, anotando o segundo gol da equipe da casa, mas segura e bem postada na partida nos 45 minutos iniciais.

  • Destaque2º TEMPO

    Correndo atrás do placar, o Oeste mudou para a segunda etapa, tirando Guilherme Romão, que teve noite desastrosa, e colocando Henrique. O time ganhou ofensividade, mobilidade e pressionou de todas as formas. Vagner e até o travessão evitaram o primeiro gol da equipe pauista.

    Só que a noite era mesmo do camisa 10 do Londrina, que pegou um sem-pulo de direita, cruzado, no canto para colocar o 3 a 0 no placar. O Oeste sentiu o gol como um balde de água fria, e perdeu totalmente a força de ataque. No fim, foi só esperar o fim da partida para que o Londrina pudesse comemorar a primeira vitória sob o comando de Sérgio Soares.

 

COMPARTILHE