Técnico Tiago Nunes atendeu torcedores no desembarque do Atlético-PR — Foto: Reprodução/RPC

A delegação do Atlético-PR desembarcou em Curitiba no início da tarde desta sexta-feira, após o empate com por 1 a 1 com o Junior Barranquilla, no primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. O resultado na Colômbia deixou aberta a decisão para o duelo na Arena da Baixada, na próxima quarta-feira.

O Furacão retornou de Barranquilla em um voo fretado, saindo da Colômbia na madrugada desta quinta-feira. Na volta, fez uma parada para reabastecer em Rio Branco, no Acre, e depois seguiu viagem para a capital paranaense, pousando pouco depois das 12h desta quinta-feira. Ao todo, foram em torno de 9 horas de viagem.

O técnico Tiago Nunes e o volante Bruno Guimarães foram os mais procurados pelos poucos torcedores que aguardavam o time no aeroporto. Eles tiraram fotos, deram autógrafos e conversaram rapidamente com os que estavam no local.

Na primeira partida da final, no Estádio Metropolitano, em Barranquillla, o Furacão abriu o placar com Pablo, no início do segundo tempo, após contra-ataque puxado por Nikão. O Junior Barranquilla não sentiu o gol e deixou tudo igual logo depois, aproveitando a falha de Jonathan. A equipe colombiana quase virou o placar depois que Rony cometeu pênalti em Gutierrez, mas Pérez chutou no travessão.

Atlético-PR e Junior Barranquilla decidem o título da Copa Sul-Americana na a próxima quarta-feira, dia 12, às 21h45 (horário de Brasília), na Arena da Baixada. Em caso de novo empate no tempo normal o jogo vai para prorrogação. Se persistir o empate, a decisão vai para os pênaltis.