Reconhecido no mundo como a grande tendência para este ano, o chocolate rosa chegou nesta quinta-feira (31) às lojas do Brasil.
Apresentado como uma intensa experiência sensorial, o chocolate ruby foi descoberto pela empresa suíça Barry Callebaut, uma das maiores processadoras de cacau do mundo.
O ruby adiciona uma quarta geração à categoria dos chocolates, dividindo espaço com as versões ao leite, branco e amargo. Os grãos do cacau que dão origem ao chocolate rosa são encontrados exclusivamente na Costa do Marfim, no Brasil e no Equador.
Segundo a Callebaut, o ruby não é amargo nem leitoso. Devido às suas características particulares, o cacau deixa o chocolate naturalmente rosa e com gosto intenso, sem adição de aromas ou corantes.
O produto já foi premiado nos Estados Unidos e no Oriente Médio.
Durante a ISM 2019, a maior feira mundial de doces, que terminou nesta quarta-feira (30), na Alemanha, a Barry Callebaut anunciou 11 novas parcerias com empresas que lançarão produtos à base do ruby.
A última criação de chocolate ocorreu há 80 anos, quando a multinacional Nestlé inventou a versão branca do doce. (ANSA)