Em sua primeira defesa do cinturão peso-palha (52 kg), Jéssica Bate-Estaca foi derrotada por Zhang Weili na luta principal do UFC China, realizado hoje. A chinesa aproveitou o ímpeto inicial para balançar a campeã e conquistar o título das palhas com uma grande vitória por nocaute técnico.

Sexta colocada no ranking da divisão, Zhang surpreendeu o mundo das lutas com uma apresentação avassaladora. Com a conquista, se tornou a primeira campeã da história do país asiático no Ultimate. Conformada após o resultado negativo, Bate-Estaca parabenizou, reconheceu a vitória da nova campeã da categoria e pediu revanche.

“Eu disse que ia ser a primeira campeã do meu país no UFC. Eu sou muito orgulhosa por ser chinesa. Meu nome é Zhang Weili, lembrem-se de mim”, declarou Zhang Weili na entrevista após ser coroada no octógono.

“Quero agradecer por ter sido bem recebida na China e, se a Zhang aceitar, eu gostaria de enfrentá-la novamente. Pode ser aqui (na China) de novo”, afirmou a brasileira ainda no palco de sua derrota.

A luta

A chinesa iniciou o combate com fome de vitória e acertou um duro golpe de direita, que fez Bate-Estaca sentir. Com a atleta da PRVT buscando o clinche para se recuperar, Zhang aplicou uma sequência de golpes na curta distância até derrubar a brasileira e obrigar o árbitro a interromper a luta. Vitória por nocaute técnico, aos 42 segundos do primeiro round, para a nova detentora do cinturão das palhas.

Acompanhe os resultados do UFC China:

Zhang Weili venceu Jéssica ‘Bate-Estaca’ por nocaute técnico;

Li Jingliang venceu Elizeu ‘Capoeira’ por nocaute técnico;

Kai Kara-France venceu Mark De La Rosa por decisão unânime;

Song Kenan venceu Derrick Krantz por decisão unânime;

Mizuki Inoue venceu Wu Yanan por decisão dividida;

Anthony Hernandez venceu Jun Yong Park por finalização;

Su Mudaerji venceu Andre Soukhamthath por decisão unânime;

Da Um Jung venceu Khadis Ibragimov por finalização;

Damir Ismagulov venceu Thiago Moisés por decisão unânime;

Alateng Heili venceu Danaa Batgerel por decisão unânime;

Karol Rosa venceu Lara Procópio por decisão dividida.