O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante abertura do fórum que discute a criação do Prosul, nova comunidade de países latino-americanos que deverá substituir a União das Nações Sul-Americanas (Unasul).

Bolsonaro afirmou que os presidentes de países sul-americanos com territórios amazônicos deverão fazer uma videoconferência na próxima sexta-feira (6). O encontro discutirá a preservação da região.

A reunião virtual é a alternativa ao encontro presencial, que seria em Leticia, na Colômbia.

Bolsonaro iria ao encontro, contudo, por recomendação médica, teve de cancelar, já que fará uma nova cirurgia no domingo, a quarta desde que sofreu uma facada na campanha eleitoral de 2018.

Bolsonaro disse que pretende aproveitar a conferência eletrônica para agradecer ao presidente da França, Emmanuel Macron. Os dois chefes de Estado trocaram farpas em razão da alta das queimadas na Amazônica.

“Muito importante vai ser essa teleconferência na sexta-feira, porque vou agradecer ao Macron, meu amigo Macron, agradecer. Ele fez com que o povo brasileiro conhecesse a Amazônia que não conhecia, suas riquezas”, disse Bolsonaro